Escola de inglês no sertão: sonhando através da ação social - Instituto Água Viva

0

É por meio da ação social que o IAV quer mudar o sertão! Pensando na educação complementar, nós do Instituto temos investido em projetos como a escola de inglês de Acauã. Quer saber mais? A professora Suellen Valverde contou para gente um pouco sobre a ação social que ela participa lá no sertão. Veja!

Escola de inglês no sertão

Os sertanejos de Acauã estão tendo uma experiência diferente com a escola de inglês instalada na região. A professora Suellen explicou para nós, do blog do IAV, que atualmente a ação social de educação complementar conta com 16 alunos e as idades variam entre 12 e 16 anos. Eles são separados em duas turmas e vão às aulas duas vezes por semana.

Ação social: mudança de perspectiva

O ensino de inglês é um luxo para muitos no sertão, de acordo com o relato da Suellen. Para ela, um dos pontos mais interessantes da ação social é a ampliação do olhar dos jovens sertanejos sobre a vida e o mundo. “Apresentamos um conhecimento que para muitos é um luxo, capaz de aprimorar os horizontes daqueles que se envolvem”, disse.

Acesso à informação

No mundo atual, informação é tudo! Principalmente com a internet e as novas tecnologias. No entanto, muito dos conteúdos online estão em inglês, o que pode dificultar o acesso e a utilização dessa informação.

Por isso, as aulas de inglês na ação social de educação complementar podem ajudar os sertanejos, como afirmou a Suellen: “hoje, a maioria dos adolescentes têm acesso à internet e conteúdos em inglês. Com o conhecimento na língua inglesa, é possível saber melhor onde estão navegando, podem entender melhor o mundo em que vivem e sonhar alto em relação ao futuro!”

É isso que queremos, jovens sonhando e investindo em um futuro melhor no sertão!

Aprendizado constante

Mudar a perspectiva de vida dos sertanejos por meio de uma ação social é algo impactante na vida de Suellen, que define a experiência como um aprendizado constante. “É preciso empatia para entender a realidade deles e caminhar na velocidade que precisam, ajudando-os a ‘apressar o passo’ gradativamente. Ao ensinar inglês, tenho a oportunidade de abrir a visão deles a respeito do mundo em que vivem, mostrar lugares que mal ou nunca ouviram falar, explicar sobre as culturas e ajudá-los a se permitirem sonhar em viver experiências em outros países no futuro”.

Essa é uma ação social que desenvolvemos no sertão, continue acompanhando o blog do IAV para saber tudo sobre nossos projetos!