setembro 2019 - Instituto Água Viva

0

Premiação marcou o encerramento da campanha “Bom de Bola, Bom de Escola”

As escolas particulares da Grande Vitória-ES participantes da campanha ‘Bom de Bola, Bom de Escola’, do Instituto Água Viva (IAV), foram premiadas durante o 9º Congresso de Educação do Sinepe-ES. Os alunos vencedores no concurso de desenho ganharam brinquedos pedagógicos de madeira feitos pelas mãos dos sertanejos, em Acauã-PI. Já as escolas vão conhecer de perto a realidade da seca no Sertão Nordestino.

Todos os participantes do congresso puderem conhecer um pedacinho do projeto de geração de renda do IAV, no espaço reservado ao Sertão. O local tornou ‘point’ obrigatório para uma foto, com direito a chapéu de couro típico e cenário com muita cor e alegria. Foi mesmo um grande encerramento!

Um dos grandes embaixadores do projeto durante todo o congresso, foi o presidente do Sinepe-ES professor Moacir Lellis, que fez questão de levar muitos diretores de escolas até o local e reforçar a parceria da instituição. “Foi só um começo, vamos avançar ainda mais. Meu desejo é ver muitas as escolas participando dessa grande ação de solidariedade pelo povo sertanejo, afirmou Lellis.

O Presidente do IAV, Carlinston de Lima, fez a entrega da premiação e emocionado deu uma palavra sobre a importância da parceria e o envolvimento das escolas. Ele fez um desafio para que todos possam conhecer mais o sertão e a realidade de milhares de crianças sem perspectivas de um futuro certo. Lembrou que o apoio do Sinepe-ES abre um novo caminho para gerar novas oportunidades e sonhos.

O projeto ‘Sua Escola no Sertão’ do IAV, contou com o apoio do Sindicato das Escolas Particulares/Sinepe-ES e teve como objetivo arrecadar calçados para crianças e jovens sertanejos que estão abaixo da linha da pobreza. Ao todo, 3.738 alunos participaram e foram arrecadado 3.381 calçados que serão doados em mais de 23 comunidades rurais e quilombolas do sertão da BA, PE e PI.

Temáticas do Sertão

As escolas de Vitória, Vila Velha e Serra trabalharam a temática durante todo o ano e conseguiram passar para as crianças a importância do uso consciente da água, a solidariedade com a doação de calçados, e o entendimento do sertão nordestino e suas características do clima semiárido, expresso com clareza nos desenhos de cada aluno.

 “As escolas que participaram fizeram um belo trabalho, teve calçados na caixinha em forma de presente e muitas crianças terão seus primeiros sapatinhos. Isso encheu o nosso coração de gratidão, pois o que não serve mais para uns, é o melhor presente do para outros. Isso se chama AMOR!” Lucy Lima, coordenadora do projeto.

Escolas participantes: Siena, Alternativo, FAESA, Cirandarte, PIO XII, Múltipla, Ápice, Colégio Santa Catarina e Movimento Saber.