Cidades do Nordeste estão há mais de 4 meses sem chuva - Instituto Água Viva

Data: 20/08/2018
Fonte: Clayton Lima – Nitro News 2

 

Sem nenhuma gota de chuva, cidades do nordeste passam dos 4 meses de estiagem. É o caso de Correntina e Bom Jesus da Lapa, na Bahia, que já contam 125 dias consecutivos sem chover. Por outro lado, regiões do Maranhão e do litoral leste, da Bahia até o Rio Grande do Norte, têm registrado chuva frequente nas últimas semanas, embora com baixo volume acumulado.

Nesta época do ano é normal que as precipitações fiquem concentradas em áreas mais litorâneas no Nordeste e que o tempo siga seco no interior da Região por um longo período. Ou seja, estamos vivenciando uma fase naturalmente desfavorável às chuvas na faixa oeste da Região.

Isso acontece porque as frentes frias têm dificuldade de chegar e se manter na faixa costeira da Bahia por causa dos ventos que as empurram para alto mar. Sendo assim, como não há nenhuma área de instabilidade que leve umidade ao interior do Nordeste, o ar segue seco e dificulta a formação de nuvens carregadas.

Já no litoral leste da Região, mesmo se houver possibilidade de frente fria, o sistema chega enfraquecido e provoca apenas chuva fraca nas cidades costeiras, parte do agreste e da zona da mata, como observamos nesta semana. A formação de algumas instabilidades chamadas de “cavados” também têm a função de trazer chuva fraca para esta área.

Previsão
A previsão é de que esse padrão se mantenha no Nordeste durante as próximas semanas. Apenas em outubro é que as condições meteorológicas se tornam mais favoráveis para que a chuva retorne de forma efetiva ao interior do nordeste.

Link: Clique aqui para ler esta notícia direto da fonte