outubro 2019 - Instituto Água Viva

4

Conheça os pilares do IAV e saiba como colaborar!

Com a missão de apoiar a família sertaneja a se desenvolver de forma integral, proporcionando acesso à informação, saúde, educação, lazer e geração de renda, o Instituto Água Viva atua no Sertão do Nordeste, sobretudo nos estados da Bahia, Piauí e Pernambuco. O local foi escolhido por ser uma área de extrema pobreza e vulnerabilidade social, onde quase nenhum projeto governamental está inserido, e os índices do IDH estão entre os piores do país. Continue lendo este post e conheça nossos 4 pilares!

Esporte

Capaz de contribuir para a formação física e psíquica das crianças e adolescentes, garantindo que tenham uma vida mais saudável, o Instituto Água Viva desenvolve, em várias localidades do Sertão, escolinhas de futebol. Para nos ajudar a realizar este lindo trabalho, contamos com uma equipe de coordenadores que trabalha capacitando sertanejos nativos para serem monitores em nossas escolas.

Saúde

Muitos sertanejos nunca tiveram acesso a um atendimento médico ou odontológico e, foi pensando nisso, que, o pilar da Saúde conta com as vans do IAV, que circuila por diversas localidades do Sertão – a maioria de difícil acesso – levando atendimentos médicos e odontológicos gratuitos para o povo sertanejo. Para desenvolver este trabalho, contamos com médicos e dentista voluntários. Clique aqui e entenda mais sobre este projeto.

Educação Complementar

Além da pobreza, crianças e jovens do Sertão nordestino estão a mercê das drogas e do vício em álcool. Para reverter esse cenário, implementamos atividades que ocupam e desenvolvam a mente. Dentre elas estão: balé, alfabetização, inglês, reforço escolar e até aulas de música, que são  realizadas no período de contraturno escolar.

Este projeto vai muito além das atividades complementares, as crianças e jovens sertanejos aprendem sobre valores universais que são fundamentais para formação do caráter humano!

Geração de Renda

Para estimular o empreendedorismo e gerar oportunidades de trabalho no Sertão, o pilar de Geração de Renda visa implantar diversos projetos, como hortas comunitárias e fábricas de camisas, bonés, brinquedos e instrumentos musicais em localidades do Sertão. Os frutos já estão sendo colhidos, pois, hoje, muitas famílias que não tinham perspectiva de futuro, hoje, podem acreditar em um amanhã muito mais promissor.

Conheça o IAV!

Clique aqui e ajude-nos a continuar transformando a realidade dura dos sertanejos em vitórias e sonhos realizados. Seja uma gota viva!

3

Você pode fazer a diferença: faça sua Destinação Fiscal mudar a vida de centenas de crianças!

O Instituto Água Viva é uma instituição que possui reconhecimento de utilidade pública do CECA-BA e trabalha 100% para oferecer oportunidades socioeducativas para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, que vivem em comunidades rurais e quilombolas.  O IAV está inscrito com projeto social no FIA – Fundo da Criança e do Adolescente, você pode escolher fazer parte deste time e ser uma gota de esperança e de amor.

Quem pode fazer?

Qualquer pessoa física que declare o IR na modalidade completa. Acaso o contribuinte tenha imposto a pagar, a doação será abatida do montante a ser pago. Caso retenha valores a restituir, o valor será somado à sua restituição e corrigido pela taxa SELIC até a data da restituição.

Quando fazer?

Até o dia 30 de dezembro de 2019 a pessoa física pode destinar até 6% do imposto (devido ou a restituir). Se deixar para 2020 só poderá destinar 3%. 

Como realizar a doação?

  1. Faça o depósito diretamente na Conta do Fundo Estadual de Atendimento a Criança e ao Adolescente – FECRIANÇA:
  2. Envie o comprovante ao IAV : [email protected], com nome, CPF e endereço;
  3. O IAV vai disponibilizar para você o comprovante de doação.
  4. Este comprovante será utilizado por você ou seu contador no momento da declaração do seu IRPF, em 2020. A doação deve ser informada à Receita Federal, em ‘Doações Efetuadas’ no modelo completo de declaração.

Para saber quanto pode doar entre no site: https://www.irdobem.com.br/

  • Conta do Fundo Estadual de Atendimento da Criança e do Adolescente ( FECRIANÇA):

Banco do Brasil

Agência nº3832-6

Conta Corrente nº 993.061-2;

CNPJ 01.580.116/0001-00. 

Nos ajude a transformar vidas!

Através do Fundo para a Infância e Adolescência (FIA), você alcança centenas de crianças. Vai valer à pena!

Faça parte desta grande mobilização para um país mais justo e com mais oportunidades.

Sobre os projetos do IAV

O IAV atende diretamente mais de 2.900 crianças e adolescentes por mês e mais de 12 mil pessoas por ano em 410 comunidades nos estados do Bahia, Pernambuco e Piauí, em situação de extrema pobreza e vulnerabilidade social. Com sua doação, você passa a ser uma gota de esperança na vida em 500 crianças matriculadas em 10 escolas de esportes no projeto ESPORTE MAIS SERTÃO.

4

3 formas de ajudar o Sertão

O Sertão é uma área de extrema pobreza e vulnerabilidade social, onde quase nenhum projeto governamental está inserido, e os índices do IDH estão entre os piores do país. O Instituto Água Viva escolheu transformar e impactar a geografia de uma região pouco apoiada no Brasil por meio de projetos sociais. E você pode fazer parte disso: selecionamos 5 formas que você pode ajudar o Sertão. Confira!

1- Apadrinhe uma criança: milhares de crianças estão aguardando uma oportunidade para participar das ações sociais no Sertão. Para apadrinhar uma criança e participar da construção de um futuro brilhante, você pode fazer uma doação fixa mensal de R$ 30.

2- Apadrinhe um projeto: outra opção é apadrinhar um dos projetos do IAV, que levam mais oportunidades e qualidade de vida para as famílias sertanejas. No projeto Educação Complementar você proporcionará aulas de informática, reforço escolar e balé para mais de 500 crianças e adolescentes. Já no projeto Esportes, você apoiará cerca de 1500 alunos matriculados em 35 escolinhas.

No projeto Geração de Renda, sua doação ajudará a ampliar as fábricas de roupas, violão, doces, artesanatos e outras ações pontuais de renda nas comunidades. E no projeto de Saúde, você levará mais atendimento odontológico e médico a milhares de sertanejos que nunca tiveram a oportunidade de uma consulta.

3- Ajude a construir um poço de água: a água consumida na maioria das comunidades do Sertão é da chuva, e muitas famílias andam até 6 horas para buscar água em pequenos reservatórios onde animais também se banham. Para mudar esta realidade, queremos construir 10 poços artesianos, que vão levar mais dignidade às famílias sertanejas inseridas em cada uma das comunidades rurais. Conheça mais sobre este projeto!

Conheça o Instituto Água Viva!

Os desafios são enormes, e nós queremos ser esperança em meio a desesperanças. Precisamos e contamos com você! Clique aqui e una-se a nós!

4

#OportunidadesQueTransformam: conheça a história de Anna Victória!

As aulas de Educação Complementar do Instituto Água Viva visam gerar um futuro melhor para as crianças do Sertão, dando oportunidades e cuidando de uma juventude promissora, que precisa de amor e um cuidado especial. E já têm transformado realidades: é o caso de Anna Victória de Sousa, de 11 anos, que participa das aulas de balé do Espaço Vida & Dança, em Acauã, no Piauí.

A pequena bailarina acaba de ser aprovada na primeira fase do Ballet Bolshoi, uma das mais antigas e prestigiosas companhias de dança do mundo. A oportunidade surgiu em uma audição feita pela companhia de dança na cidade de Fortaleza, no Ceará. “Minha professora me incentivou para fazer a pré seleção para a escola Bolshoi. Me dediquei muito às aulas e confesso que tive bastante medo”, relata Anna Victória.

Ela conta que começou a praticar balé há quatro anos no Espaço Vida & Dança. “Uma amiga minha me falou sobre a escola de balé e eu pedi a minha mãe para me colocar nas aulas. No começo, eu não gostava muito, mas depois de um tempo eu fui desfrutando mais da dança. Hoje, o balé representa tudo na minha vida”, conclui.

Aprendizados além do balé

A professora de balé, Clarisse Fonseca, conta que Ana Victória evoluiu não só nas aulas de dança, mas também na sala de aula. “Ela tinha muitas dificuldades de trabalhar em grupo e de disciplina, mas com o tempo demonstrou muito talento. Começou a fazer provas de fim de ano e com notas excelentes passava de nível, sempre em primeiro lugar. Se tornou uma aluna dedicada, concentrada, criativa e com uma linha fina nos movimentos de balé. Chamou não só nossa atenção, mas também da escola Bolshoi. Estamos torcendo muito por ela”, completa.

Conheça nossos projetos sociais e nos ajude a continuar levando oportunidades para o Sertão. Contamos com você!

3

Apadrinhamento: saiba como transformar a realidade de uma criança!

Gerar oportunidades e transformar o futuro de milhares de crianças: essa é uma das metas do Instituto Água Viva no Sertão. Para isso, contamos com projetos sociais que visam construir oportunidades para o povo sertanejo. Mas, você sabia que também pode transformar a vida de uma criança com um gesto simples? No post de hoje, você vai conhecer mais uma forma de ajudar esses pequenos!

#OportunidadesQueTransformam

Olhares fitos no presente e um futuro brilhante a ser trilhado! Milhares de crianças – de mais de 400 comunidades rurais e quilombolas do Sertão – estão aguardando para participar das ações sociais do Instituto Água Viva. E a sua ajuda pode nos ajudar a levar sorrisos e mais oportunidades para esses pequenos: precisamos de padrinhos que contribuem mensalmente com essa causa.

Com uma doação fixa mensal de R$ 30, durante um ano, você ajuda a levar mais saúde, educação e lazer para uma criança sertaneja. Com essa doação, ela terá acesso às Escolas de Esporte e às atividades do projeto Educação Complementar.

Para participar, clique aqui e saiba como apadrinhar uma criança!

Conheça algumas das crianças e ajude-nos a continuar plantando felicidade:

Esperamos você! Juntos podemos ir mais longe e sermos respostas de amor ao Sertão. Conheça mais sobre os nossos projetos e se torne uma gota viva também!

3

Balé de Acauã: alunas ganham medalha de ouro no Fendafor!

Dedicação e talento: nossas meninas do balé Espaço Vida & Dança, de Acauã, no Piauí, fizeram bonito no Festival Internacional de Dança de Fortaleza (FENDAFOR), que aconteceu em Julho com participantes de todo o país. Durante uma semana, 33 bailarinas realizaram 12 apresentações e conquistaram quatro medalhas, sendo uma de ouro. Veja como foi!

Balé do IAV: alegria e superação

Pelo segundo ano consecutivo, as pequenas sertanejas participaram do Fendafor, que é o maior festival de dança do Ceará. A professora de balé do projeto educação complementar de Acauã, Clarisse Fonseca, conta que cada apresentação e momentos vividos na cidade de Fortaleza serviram para mostrar que há talento e perspectiva para o Sertão brasileiro.

“Foram meses de preparação com muitos ensaios, muito trabalho, montagem de figurinos e cenário e campanha para levantar os custos de uma viagem para mais de 40 pessoas, entre alunas, acompanhantes, professoras de dança e apoio. Mas graças a Deus, mais uma vez, a bagagem voltou cheia de experiências incríveis, cheia de superação e de alegria”, conta a professora.

Veja como foi!

Educação Complementar leva oportunidades a jovens sertanejos!

A escola de balé Vida e Dança faz parte do pilar de Educação Complementar do IAV, que também conta com escolas de reforço escolar, de alfabetização, de música e de inglês espalhadas pelo Sertão. Conheça mais sobre os nossos projetos e se torne uma gota viva também!

5

Amigo do Sertão: saiba como ser um!

Os desafios do Sertão são enormes: o semiárido nordestino é uma área de extrema pobreza e vulnerabilidade social, onde quase nenhum projeto governamental está inserido, e os índices do IDH estão entre os piores do país. O Instituto Água Viva escolheu transformar e impactar esta região, queremos ser esperança em meio a desesperanças.

Acreditamos na causa e temos grande orgulho do que fazemos e por quem fazemos. No mês das crianças, queremos incentivar mais pessoas a fazerem parte desta campanha. Por isso, o Instituto Água Viva lança um desafio para todos os nossos parceiros: ser um Amigo do Sertão!

Amigo do Sertão: como funciona?

Em quatro anos de atuação no Sertão, conseguimos abranger 2700 crianças em 63 escolas. Nossas escolas sociais estão crescendo, mas queremos muito mais! Nosso objetivo é aumentar o número de crianças atendidas no próximo ano, em 24%. Para isso, precisamos abrir mais escolinhas de futebol, balé, música e informática. E não só abrir, mas dar possibilidades para que as crianças cheguem até às escolas e tenham condições alimentares.

Como se tornar um Amigo do Sertão?

Temos milhares de crianças esperando por um apoio de um amigo. Se você quer nos ajudar a transformar a vida delas e proporcionar mais educação e lazer, entre em nosso site e escolha o valor que quer contribuir por mês. A cada R$ 30, você ajuda uma criança a alcançar muito mais oportunidades.

Todo o valor será destinado integralmente para as escolas sociais de esporte, balé, informática, música e inglês. Ao se tornar um Amigo do Sertão, você receberá um relatório trimestral sobre como as escolas estão crescendo e como os alunos estão melhorando.

Contamos com você!

4

Hidroponia: dificuldades encontradas na produção de alface hidropônica no Sertão Nordestino

O sistema de produção que utilizamos nas duas estufas em Chapada do Avelar (Casa Nova-BA) é o Fluxo Laminar de Nutrientes – NFT (Nutrient Film Technique). Nesse sistema, as plantas são colocadas em orifícios feitos ao longo do perfil ou tubo de PVC, de modo que somente as raízes se estendam para dentro do perfil/cano. Dentro desses, flui constantemente um filme fino de solução nutritiva, entrando em contato com as raízes.

Esses perfis/canos, são dispostos com uma pequena declividade, facilitando o escoamento da solução nutritiva que entra pela parte mais alta e escoa através das raízes até a parte mais baixa e retorna ao reservatório da solução. Para posterior bombeamento e recirculação no sistema.

Nesse sistema, em meio ao sertão nordestino, temos enfrentado muitos desafios e dificuldades. Apresentaremos uma série das principais dificuldades:

– Água: a qualidade e a disponibilidade da água é essencial na hidroponia, já que a planta tem um contato direto com ela. A água do nosso poço artesiano é salobra, não sendo recomendada a sua utilização no sistema. Devido a isto, a água utilizada é adquirida de caminhões-pipa, o que tem elevado o custo de produção e permite algumas doenças, devido ao não tratamento e a falta de qualidade.

– Comercialização: a comercialização define o sucesso – ou não – em qualquer atividade. A alface hidropônica é altamente perecível, então sua comercialização tem que ser rápida, ter um mercado consumidor bem próximo e um bom canal de venda. Nosso projeto está situado na zona rural do município de Casa Nova, afastado da sede do município (13 km).

Mais próxima à sede do município, existem dois outros produtores e, como o município tem uma pequena população, o mercado local está saturado devido à grande oferta do produto. Outro fator é o baixo consumo da alface pela população local. Com isto, temos tido uma grande dificuldade de comercializar a alface que produzimos causando perdas.

Para reverter isto, estamos prospectando outros mercados próximos, como Petrolina e Juazeiro. Recentemente nos reunimos com a direção do Centro Público de Economia Solidária – CESOL, de Juazeiro, para nos auxiliar nessa comercialização, já que esta entidade atua na divulgação e comercialização para Empreendimentos da Economia Solidária e Agricultura Familiar no território do Sertão do São Francisco.