Lapão - BA - Instituto Água Viva

8

FÁBRICA DE LAPÃO SE PREPARA PARA ALCANÇAR O MERCADO DO BRASIL.

Em plena crise econômica do país, a Fábrica de Uniformes está em plena produção

Marcos de Albuquerque Lang, 62 anos, atual gerente da fábrica de uniformes de Aguada Nova-BA, é engenheiro civil e foi consultor de empresas nas áreas: financeira, industrial e de RH. Natural do Rio Grande do Sul, morou por muitos anos no Rio de Janeiro, onde fez sua caminhada profissional  trabalhando em grandes empresas como: Duloren (têxtil), Gafisa (construção), Cofix (engenharia).

Depois de 04 anos longe das consultorias, vivendo para servir a Deus em ONGS e em evangelismo com palestras de empreendedorismo cristão, Marcos aceitou ser gestor da Fábrica de uniformes de Aguada Nova-BA, e um novo desafio lhe foi dado: Formar uma das maiores fábricas de uniformes do sertão.

Em fevereiro deste ano ele foi para conhecer a fábrica e nunca mais voltou. Em março o Brasil entrou em estado de alerta pela pandemia do Coronavírus e, nesse tempo de baixas de empresas e grande desemprego, a fábrica está batendo recordes de produção, fabricando máscaras para empresas de todo o país.

“Meu objetivo é tornar a fábrica autossustentável, com qualidade profissional e ampliar a oportunidade de empregos para atender cada vez mais as famílias na cidade. Hoje a fábrica está inserida no tripé econômico: preço + prazo + alta qualidade para alcançar a meta que desejamos, e isso demanda um processo de melhoria contínua que nunca para”, explica Marcos Lang.

A partir de agora a Fábrica vai produzir uma quantidade exclusiva de itens voltados para uniformes de empresas, como: camisas, bonés, calças e bermudas e está sendo totalmente remodelada, com novas planilhas de custos, estruturando uma equipe de vendas, elaborando catálogos dos produtos. Ao todo são 69 pessoas envolvidas neste projeto.

Em 5 meses a fábrica já passou por algumas alterações. Pequenas mudanças, mas com grandes transformações com ambiente mais produtivo e profissionais melhores capacitados. Em agosto uma nova Fábrica será inaugura no complexo de Lapão, área social do Instituto Água Viva. Serão 1000m2 onde será possível duplicar a produção. O objetivo do IAV é levar cada vez mais oportunidades ao sertanejo, promovendo o desenvolvimento econômico e social.