top of page

Atleta que é fruto do Instituto Água Viva sobe no pódio em corrida na Bahia


O incentivo aos esportes é um projeto que, dentro do Instituto Água Viva (IAV), não apenas anda, ele corre. Corre mesmo! E ainda ganha medalha. Foi o que aconteceu com Gabriel dos Santos Oliveira, que é fruto da escola de Atletismo da base de Miguel Calmon, no sertão da Bahia.


O jovem de 20 anos alcançou ótima colocação na Corrida Loterias Caixa, em maio, representando o município no campeonato baiano. Foi uma vitória no âmbito de competições federadas, pois ocupou o segundo lugar no revezamento 4x100 e o terceiro nos 5 quilômetros. Com esse resultado, ele se classificou para o próximo desafio que é o campeonato brasileiro.

Gabriel sempre foi muito ligado aos esportes. Ele ingressou no Instituto Água Viva aos 16 anos, fazendo aulas de futebol, mas ganhou destaque mesmo nas corridas, o que impulsionou o IAV a abrir uma escola de atletismo na base local. Hoje, já são 50 alunos.

O jovem foi criado pelos avós desde que nasceu. Juntos, eles enfrentam as inúmeras dificuldades típicas do Sertão, como falta d'água e alimentação de qualidade. “Quando eu estou correndo é o momento em que os problemas se apagam da minha mente”, diz o atleta.

Ele é muito grato a seu monitor Edilson da Silva Real, que tem histórico de atleta e logo percebeu o potencial do garoto. Atualmente, Gabriel vem acumulando um número significativo de vitórias. Já participou de 10 corridas, todas com pódio.

“Enquanto gestor da escola de esporte, fico feliz em saber que temos um atleta despontando no atletismo. Nosso objetivo é dar oportunidade aos alunos em diferentes modalidades”, comemora Felipe Abreu, responsável pelo Pilar de Esporte no IAV.

Atualmente, Gabriel continua recebendo apoio do Instituto Água Viva. “Nós sabemos que ele tem potencial e está sendo preparado para ser um monitor do IAV”, destacou Abreu.

Comments


bottom of page