top of page

Música que transforma


A música, como arte, tem a capacidade de tocar a alma. A música, como ferramenta de inclusão traz oportunidade, esperança e mudança de vida. Nós já testemunhamos milhares de casos de pessoas que foram alcançadas de ambas as formas e nosso sonho para esse ano de 2023 é continuar abrindo as portas para incluir cada vez mais crianças, educadores e famílias.


A verdade, também, é que essas portas abertas têm alcançado não somente nossos alunos, mas todos nós que estamos envolvidos com o Instituto Água Viva. Me sinto muito privilegiado em poder compartilhar um pouco do meu conhecimento com os educadores sertanejos, visto que, nós, como mentores, coordenadores e educadores, nos encontramos em uma posição de doação, e acabamos recebendo muito mais em troca.

Existe uma riqueza no nosso povo sertanejo que ainda não conseguimos dimensionar. Porém, uma coisa é certa, ser participante direta ou indiretamente da construção e expansão deste grande projeto nos dá, dia após outro, um vislumbre maior do que essa riqueza realmente é. E como dito anteriormente, quanto mais damos, mais recebemos.



Do primeiro contato com o instrumento até a primeira música tocada, vemos nos nossos alunos e educadores a expansão de suas capacidades não somente musicais, mas também de acreditar em si mesmos, terem sua autoimagem reforçada como capazes, talentosos, e portadores de habilidades e conhecimentos que, talvez, não sonharam ter. E aí, não tem jeito. Depois de vencer em uma área, vencer em outras é uma tarefa muito mais atingível. E esse é o nosso sonho: através da inclusão, formar cidadãos cada dia mais aptos para encarar os desafios da vida de frente. Alan Ramos

Mentor de música do Instituto Água Viva.

Komentar


bottom of page