top of page

Motorista Adriano: “Mais de 87 mil quilômetros rodados levando sorriso ao Sertão”


“Paraibano da melhor qualidade, gente fina e sempre prestativo. Faz de tudo e tem experiência vasta em várias áreas. Camarada bom de prosa e sempre positivo. Ele é pacificador e forma uma dupla sensacional com sua esposa Mônica durante as ações do Instituto Água Viva”.


Esta é a descrição feita por Pedro Santos, responsável pelo pilar de Saúde do IAV, para falar sobre José Adriano de Souza, conhecido por todos apenas como Adriano, de 52 anos, casado com Mônica Maria, pai de Filipe, de 31 anos, e Apolônia Nayara, de 28, e avó coruja de Isadora Sofia, de 10 anos, Felicia, de 2, e do recém-nascido Apolo Ravi.

Adriano vive em Teixeira, na Paraíba, é um dos quatro motoristas conduzem as vans médicas-odontológicas que rodam milhares de quilômetros pelo Sertão nordestino levando dignidade ao povo que mais precisa, chegando a lugares que muitas vezes nem o poder público alcança.


Para ele, uma das ações que mais marcaram seu trabalho no IAV foi o dia que presenciou o atendimento a uma mulher que, no momento de desespero, colocou na boca uma pedra de carbureto, material usado em procedimento de solda metálica, para tentar acabar com a dor de dente. “Ela se queimou na boca e no pescoço. O desespero dela era grande, mas a dor era maior”.


O profissional trabalha há dois anos e quatro meses no Instituto Água Viva e nesse período já dirigiu por mais de 87 mil quilômetros. Para ele, a oportunidade de fazer o bem ao povo sertanejo é o que mais o motiva, apesar das grandes distâncias percorridas.


“Com ajuda de todos os envolvidos, é muito gratificante ver o quanto levamos o bem às pessoas. Me deixa alegre ver o sorriso estampado no rosto das pessoas beneficiadas e perceber o quanto elas ficam felizes e gratas”, destaca Adriano.

bottom of page